Topo

Rondônia tem mais um integrante da PM qualificado em Polícia Comunitária no Japão

F85A9875O Capitão PM Cícero Rodrigues da Silva concluiu no dia 7 de novembro o Curso de Operador de Polícia Comunitária realizado entre os dias 24 de Novembro a 7 de dezembro na cidade de Tóquio, capital do Japão. Ontem, 11, ele se apresentou ao comandante geral da Polícia Militar coronel PM Ênedy Araújo, por término de Curso.

IMG-20171207-WA0059No Japão, a solenidade de encerramento foi realizada na sede da JICA - Agência Internacional de Cooperação do Japão e contou com a presença de Autoridades representantes da JICA e da ANP Agência Nacional da Policia Japonesa.

Ao retornar a Rondônia, o capitão PM R Silva se apresentou ao comandante geral da Polícia Militar de Rondônia, coronel PM Enedy, momento que fez os devidos agradecimentos e se comprometeu a atuar na disseminação dos conhecimentos e das experiências vívidas ao longo dos 12 dias que estivera no Japão.

Na oportunidade o Comandante Geral destacou a importância do aprimoramento dos serviços prestados pela Polícia Militar de Rondônia ao se basear em experiências bem sucedidas de outras Polícias, citando como exemplo a Polícia Colombiana e Chilena.

Sobre o curso de operador de Polícia ComunitáriaIMG-20171207-WA0049

O Curso de Operador de Polícia comunitária é  fruto de uma parceria de cooperação internacional firmado entre Brasil e Japão e desenvolvido através da Secretaria Nacional de Segurança Pública, Agência Internacional de Cooperação Japonesa -  JICA, Agência Brasileira de Cooperação e as Polícias Militares do Brasil contempladas no convênio. 

A formação tem por objetivo apresentar de modo prático como se desenvolvem as fases de gestão, operacionalidade e execução do serviço prestado polícia japonesa através do desenvolvimento do policiamento comunitário.

O participante interage com diversas atividades ligadas a execução prática do policiamento comunitário, tais como, seminários, palestras, entrevistas, oficinas, reuniões com a comunidade e visitas técnicas aos moradores das regiões atendidas.

Todas as depesas foram custeadas pelo Ministério da Justiça do Brasil em convênio  com o governo do Japão, através da JICA, para formação de policiais militares na filosofia de Polícia Comunitária.

Fotos capitão R. Silva e aluno a cabo PM Simplício

Jornalista Lenilson Guedes